Free Jazz!!! (I)

Julho 20, 2006

free-jazz.JPG


O Free Jazz é, ao lado do Bebp\Hardbop e do Cool Jazz, meu estilo favorito do meu gênero musical favorito, o Jazz. Oficialmente, o estilo nasceu no álbum Free Jazz (1960) do genial saxofonista Ornette Coleman (1930-) mas, como na maioria de todas as inovações estéticas da arte, podemos apontar vários outros jazzistas como precursores, dentre os quais podemos destacar: John Coltrane (1926-1967) e Cecil Taylor (1929-).

Uma amostra do estilo que estaria vindo para revolucionar o mundo do Jazz foi dada em 1959, também por Coleman, através do álbum The Shape of Jazz to Come (outro sugestivo nome…). Não obstante, a consolidação do Free Jazz veio com o supracitado álbum de 1960, no qual podíamos ouvir um quarteto duplo liderado por Ornette Coleman e Eric Dolphy(1928-1964) estourando os tímpanos de seus ouvintes. Neste álbum já estava presente a principal característica do novo estilo: a improvisação coletiva.

Há de se salientar que o Free Jazz não é um estilo completamente desordenado, desorganizado e caótico. Previamente, os músicos fazem uma espécie de reunião na qual estabelecem normas e padrões, seja na gravação de um álbum ou em um concerto. Utilizam-se de acordes e “células” para se coordenar entre si e, principalmente, para não se “perderem” no meio da música. Por este motivo, o Free Jazz é o mais radical das vertentes do Jazz, principalmente pelo fato de neste há mais de um solista e estes não estão “presos” ao tema. Os ouvintes mais atentos e acostumados podem notar que por trás do caos aparente há certos padrões não-convencionais e inusitados. Pelo fato dos músicos não estarem presos a temas, como no Jazz “convencional”, o estilo recebeu este nome.

Outro ponto há ser destacado é a estreita relação entre o Free Jazz e a vanguarda musical do século XX. A maior influência desta no estilo se faz presente nos álbuns do Free Jazz através da atonalidade (ausência de tom definido).

Por fim, uma lista dos músicos que mais aprecio do estilo:
– John Coltrane
– Eric Dolphy
– Ornette Coleman
– Anthony Braxton
– Peter Brötzmann

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: